fbpx

João Doria quer despejar hospital infantil no Morumbi

Com 62 anos de existência e apontado como referência no atendimento de doenças de média e alta complexidade, o Hospital Infantil Darcy Vargas corre o risco de ser despejado e transferido de local.

Situado no bairro do Morumbi, em área nobre da cidade de São Paulo e cercado de condomínios de luxo, o terreno do hospital virou alvo da cobiça do mercado imobiliário.

Com respaldo do Projeto de Lei nº 529/2020, aprovado na Assembleia Legislativa em outubro do ano passado, a gestão do governador João Doria (PSDB) sinalizou que está negociando a área, colocando-a à venda para a iniciativa privada.

Pelo projeto, que se tornou a Lei nº 17.293/2020, os deputados estaduais da base de apoio autorizaram o governador a alienar imóveis.

Informações não oficiais dão conta que o empreendedor interessado no terreno acena com a construção de novo prédio para instalar o hospital na Vila Leopoldina, zona oeste, perto do entreposto da CEAGESP.  

Essa proposta do governo do Estado está provocando reações. Movimentos de Saúde da região oeste, além do SindSaúde-SP (Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo) estão colhendo assinaturas em petição digital contra a medida. O link é:  http://bit.ly/AvaazDarcy

O SindSaúde está tentando agendar reunião com o governador para tratar do assunto e cogita outras ações como representação no Ministério Público, além de reuniões com o Conselho Estadual e Municipal de Saúde.   

Está agendado ato público na próxima quinta-feira, dia 4 de fevereiro, às 10h, em frente ao hospital: Rua Dr. Serafico de Assis Carvalho, nº 34, Morumbi.

Referência em tratamentos para crianças

O Hospital Infantil Darcy Vargas recebeu esse nome dois anos após ser inaugurado em 1958, em homenagem à ex-primeira dama, esposa do ex-presidente Getúlio Vargas.

O Hospital possui serviços de Ambulatório, Pronto-Socorro, Terapia Intensiva Infantil e Neonatal e Hospital/ Dia, e ocupa duas edificações, uma delas com sete pavimentos, onde está instalada a Unidade de Internação e atendimento de Pronto Socorro, e outra com três pavimentos, onde ficam as instalações do Ambulatório.

Ele é referência no tratamento de crianças com câncer e outras especialidades, como Hematologia, Cirurgia Pediátrica, Urologia, Endocrinologia, Nefrologia e casos complexos de Pediatria geral.

Conta com UTI Neonatal, que é referência para cirurgias de alta complexidade e está inserida no Programa Mãe Paulistana para casos de Cirurgia Pediátrica e UTI Pediátrica.

O ambulatório oferece consultas em 26 especialidades médicas que dão suporte ao atendimento médico hospitalar. O hospital também atende famílias carentes e de baixa renda.