fbpx

Bairros / Moradores de São Lucas querem área de lazer e não ecoponto.

Técnicos da Amlurb (Autoridade de Limpeza Urbana) da Prefeitura realizaram nesta quarta-feira, dia 22, vistoria no terreno da esquina da Rua Lisa Ansorge com a Rua Veratro, no Jardim Panorama, onde está sendo construído o Ecoponto Vila Industrial.

O bairro faz parte do distrito do São Lucas e pertence a Subprefeitura Vila Prudente, zona leste da cidade.
A obra em andamento é alvo de reações contrárias dos moradores locais e de pais de alunos da EMEI Marisa Ricca Ximenes, que fica ao lado da área.
Estive presente na vistoria com representantes dos moradores, Além da Amlurb, o novo subprefeito da Via Prudente, Caio Vinicius, também participou da conversa.
Na oportunidade, reiterei o pedido dos moradores para a interrupção da obra por vários motivos. Além de ser inapropriado por estar ao lado de escola, no terreno existe uma nascente de água que, pela legislação, impede edificações.
Outra alegação contrária é que a menos de um quilômetro já existe um ecoponto. A rua também não comporta trânsito pesado de caminhões.
Segundo a Amlurb, a área foi indicada pela Subprefeitura para receber o ecoponto há doís anos. Essa sugestão ignorou o desejo coletivo da população.
O Movimento de Saúde da Zona Leste chegou a indicar a área para construção de URSI (Unidade de Referência do Idoso) nas prioridades da área. Mas o projeto nem chegou a ser considerado pel atual gestão.
Moradores hoje reivindicam outro tipo de equipamento municipal como área de lazer com a instalação de aparelhos de playground e de ginástica, dentre outros atrativos.
Os técnicos do órgão da Prefeitura ouviram as reclamações e se prontificaram a levá-las para análise. A Diretoria da Amlurb se fez presente pelo gerente Túlio Barrozo Rosseti.